Ilustração de Marlon Anjos

Greve geral!

Marcelo Badaró Mattos Hoje pela manhã, através das redes sociais, pude constatar que ainda fazem eco as palavras de Georges Sorel quando se referia à greve geral como o “mito”, ou a ideia forte, capaz de mobilizar os sentimentos e a disposição de luta dos proletários mais conscientes e dos socialistas revolucionários (que ele opunha aos “socialistas...

Colagem de D. Muste

Gramsci e a Revolução Russa

Alvaro Bianchi e Daniela Mussi (Tradução: Fernando Pureza) Oitenta anos atrás, em 27 de abril de 1937, Antonio Gramsci morreu depois de passar sua última década numa prisão fascista. Reconhecido postumamente por seu trabalho teórico em seus cadernos do cárcere, as contribuições políticas de Gramsci começaram durante a Guerra Mundial, quando ele era um jovem estudante de linguística na Universidade de Turim. Mas mesmo naquela época, seus artigos na imprensa socialista desafiavam...

Ilustração de Celly Inatomi

Outras razões para “13 Reasons Why”

Rosi Morokawa “Recuse-se a expressar uma emoção e ela morre” (William James, 1884). Quem nunca pensou nas razões que alguém teve para tirar sua própria vida? Ou se havia alguma razão, ou se haveria algo que pudesse ser feito para impedir tal acontecimento? Quando isto acontece com alguém próximo um “porquê?” é inevitável. Se acontece com alguém que conhecíamos pouco, o “porquê?” pode tomar alguns segundos, ou quem sabe minutos?, de nossas vidas. Mas por vezes a pessoa...

Ilustração de Lyn Nascimento

Memória das Jornadas de Junho: ainda sinto o cheiro do vinagre e do gás lacrimogêneo

Demian Melo “Não vai ter Copa!” Ninguém seria capaz de afirmar onde foi que surgiu tal palavra de ordem, mas talvez essa, e não “Não é só por 20 centavos!”, seja a mais genuína palavra de ordem surgida nas Jornadas de Junho de 2013. Disputadas pelas mais diversas forças políticas do país, da esquerda à direita do espectro político, aquelas Jornadas ainda são motivo de muitas controvérsias interpretativas. Contudo, não seria extravagante afirmar que aquele levante...

Ilustração de Jaime Prades

Marcha pela Ciência: um gesto contra a ofensiva irracionalista no mundo

Roberto Leher O Brasil caminha na contramão do que seria a melhor estratégia para enfrentar uma crise econômica: investir em conhecimento científico, pesquisa e inovação. Não nos faltam exemplos de povos que também passaram por momentos dramáticos nesse sentido, mas que apostaram no fortalecimento das universidades, dos institutos públicos de pesquisa e do aparato de Ciência e Tecnologia, por meio dos blocos de poder que se reconfiguravam no calor das lutas sociais. Foi assim no...

Colagem de Singh Bean

O desafio da solidariedade

Sabrina Fernandes A esquerda mais propriamente marxista, em suas várias facetas, identifica antagonismos estruturais, a nível do universal, como objetos centrais da luta tanto contra-hegemônica quanto por uma nova hegemonia. Porém, mesmo falar que “a esquerda identifica” algo, por exemplo, apresenta um problema de subjetividade que interage com o estruturalismo da luta. A esquerda age como um marcador, mesmo que fragmentado, de um sujeito coletivo também fragmentado. Falamos muito da...