Fotografia de André Rodrigues

O ciclo econômico, o aniversário do golpe e o futuro da esquerda

Eric Gil Há um ano Michel Temer assumia a Presidência, concretizando o golpe dado no governo de Dilma Rousseff. Um dos discursos que Temer e sua trupe sustentavam para justificar a retirada de Dilma era que a economia só voltaria a crescer se este governo fosse derrubado. Mas todos nós sabemos o final desta história. Como os economistas marxistas sempre gostam de lembrar, a economia capitalista se movimenta através de ciclos econômicos, ora em baixa, ora em alta. Este ciclo econômico...

Colagem de Singh Bean

A pós-verdade dos juros no Brasil

Eric Gil No país onde a verdade não é mais tão verdadeira assim, o governo de Michel Temer e sua trupe tenta convencer os brasileiros que eles estão derrubando as taxas de juros, com as recentes decisões do COPOM para cortar a SELIC, sendo a última delas uma mudança de 13 p.p. para 12,25 p.p. Mas como isto poderia ser mais uma das “pós-verdades” de Temer? Quando o atual governo assumiu, em 31 de agosto de 2016, a SELIC, que é a taxa básica de juros brasileira, estava em 14,25%, e...

Ilustração de Jaime Prades

O capitalismo no Brasil contemporâneo

Marcelo Badaró Mattos Na primeira das Notas que apresentei,[1] procurei apresentar alguns elementos históricos sobre a formação do capitalismo brasileiro, assim como referências teóricas que permitiram a algumas organizações políticas a superação dos esquematismos “etapistas” em direção a uma análise mais complexa do capitalismo dependente no país. As interpretações sobre o desenvolvimento capitalista no Brasil adquiriram maior complexidade, não apenas no debate...

Ilustração de D. Muste

Reajuste do salário mínimo é o menor do século

Giambatista Brito O governo do usurpador Michel Temer vem colecionando os mais diversos adjetivos antipopulares para seu legado histórico. Na última sexta-feira de 2017, dia 30/12, com a publicação do decreto fixando o valor do novo salário mínimo, acrescentou ao seu leque de títulos temerosos a alcunha de “presidente que concedeu o menor reajuste de salário mínimo do século XXI“. Desde 2001 nenhum reajuste foi tão minúsculo como o que passou a valer neste 01 de janeiro...

Ilustração de Jaime Prades

Capitalismo sem máscaras: sobre a PEC 241 (55)

Flávio Miranda Não é sem razão que a PEC 241 (agora PEC 55 no Senado Federal) ocupa o centro das discussões mais acaloradas sobre política econômica no país desde algumas semanas. [1] Como corretamente apontam uma série de analistas contrários à medida, trata-se de um sufocamento das possibilidades de políticas sociais no Brasil, deprimindo profundamente os gastos com as já deficientes saúde e educação públicas[2]. Mais do que isso, uma vez que se propõe o congelamento dos...

Bordado de Pedro João Cury

Contrarreforma da previdência: essencial para quem?

 Sara Granemann Ao caminhar no longo corredor de acesso ao embarque/desembarque no Aeroporto Presidente Juscelino Kubitschek o passageiro (deputado, senador ou docente) necessariamente, é “recepcionado” por um enorme painel luminoso da Confederação Nacional da Indústria (CNI), que informa: “Indústria – Essencial para o país. Reformar a Previdência Social – Essencial para a Indústria”[1]. Das ameaças anunciadas, a contrarreforma da previdência já indicada pelo...