Fotografia de Amalyn Malix

Por que perdemos? Moral cristã, individualismo e espetacularização nos movimentos de protesto

Franck Tavares Discutir a esquerda política sob a perspectiva de quem adere e tem simpatia por esse campo da práxis e das ideias exige, antes de tudo, o exercício permanente da crítica e a renúncia ao panfletarismo apologético ou à autocomiseração ritualística. A reflexão intelectual não se reduz à propaganda de uma causa, assim como a marxiana crítica que se “transforma em força material” não encontra freios nas fronteiras que delimitam grupos não privilegiados...

Fotografia de Amalyn Malix

De que lado você samba? Sobre cientistas sociais e o “infiltrado do Tinder”

Franck Tavares Há dois problemas dramáticos no estágio atual do estrato da ciência social brasileira que se identifica com o pensamento crítico ou transformador. De um lado, produz-se, ainda que inadvertidamente, um vasto material capaz de auxiliar processos repressivos e o silenciamento do dissenso político. De outro, há uma pronunciada omissão quanto à compreensão do status quo cuja superação se revela necessária para a construção das formas emancipadas de vida que, ao menos...

Ilustração Humberto Tutti

Governo do PT e oposição de direita: a igualdade entre os rivais

Franck Tavares A segunda semana de agosto de 2015 trouxe à cena política brasileira notícias nada alvissareiras. O consolo é que alguns episódios ocorridos neste período servem para esclarecer, ao menos parcialmente, os momentos obscuros que o país atravessa. Há elementos da realidade nacional que sempre estiveram evidentes, de maneira que não exigem coleta sistemática de informações ou análises complexas de cenários. O exemplo mais chamativo dessa condição é o papel cumprido...