Ilustração de Mácia Teixeira

Sobre moral, espontaneísmo e puritanismo em um texto de Nahuel Moreno

Henrique Carneiro Em 1969, o dirigente político da esquerda trotskista argentina Nahuel Moreno escreveu um texto interno sobre moral para o seu partido que recebeu o título de “Moral bolche ou espontaneísta?”. É talvez o único texto dele dedicado ao aspecto moral da rebelião social do ano anterior ao texto, 1968.[1] Apesar de anacrônico e de não ter sido republicado depois na Argentina, pois o próprio Moreno evoluíra em suas posições puritanas e homofóbicas anteriores, a...

Bordado de Pedro João Cury

O golpe palaciano e o fraco governo dele resultante

Henrique Carneiro Existem, a meu ver, dois erros básicos na análise da situação política brasileira: 1) Desprezar o caráter golpista na transição institucional em curso. 2) Não qualificar esse golpe como palaciano, o que exime o PT da responsabilidade de ter se aliado anteriormente com os golpistas para governar. Ocorreu uma mudança de governo imprevista e assume o vice-presidente, apoiado por ampla maioria do Congresso e do Senado. Alguns não reconheceram, entretanto, que houve de...

Ilustração Flora Próspero

A luta das mulheres, a esfera pública e a proibição das bebidas nos Estados Unidos

Henrique Carneiro A esfera pública moderna nasce no âmbito do consumo partilhado de drogas entre homens: bebidas alcoólicas em tavernas nas classes populares e café na sociedade civil burguesa. O filósofo Jurgen Habermas ressaltou esse espaço de lazer e de troca de opiniões entre iguais como a origem da imprensa e da opinião pública. O tabaco também, a partir do século XVII, permeava todas as classes com seu apelo de fumaça e, entre o clero e a aristocracia, de inalação de rapé...