Colagem de Singh Bean

As direitas profundas na América Latina

Massimo Modonesi (Tradução: Gilberto Calil) As direitas latino-americanas têm estado muito ativas e têm obtido significativas vitórias nos últimos tempos. A última na ordem de aparição foi o descarrilamento do processo de paz na Colômbia. Em menos de dois anos, as direitas ganharam as eleições na Venezuela e Argentina; bloquearam a possibilidade de outra reeleição de Evo Morales na Bolívia e, por outros meios, aparentemente também de Correa no Equador; destituíram a Dilma e...

Fotografia de Amalyn Malix

Ativistas e/ou militantes

Massimo Modonesi É de vital importância para o alcance das lutas presentes e futuras não apenas celebrar e impulsionar a emergência e a formação de uma geração de ativistas e militantes como também analisar de maneira aprofundada e decifrar sua configuração interna. As seguintes considerações podem valer para ordenar algumas noções de uso corrente e como amostra das reflexões que orientam um projeto de investigação que estou atualmente coordenando na Universidad Nacional...

Ilustração de Oadilos

O fim da hegemonia progressista e a virada regressiva na América Latina

Massimo Modonesi (Tradução: Fernando Pureza) A experiência dos chamados governos progressistas na América Latina (Argentina, Bolívia, Brasil, Equador, El Salvador, Nicarágua, Uruguai e Venezuela)[1] parece ter entrado em um ponto crítico que alguns autores chamaram de fim de ciclo, abrindo um debate sobre o caráter da conjuntura com fortes implicações estratégicas a respeito do futuro imediato.[2] De forma sintética, sustentarei a ideia de que, no sentido estrito, o ciclo não...