Ilustração de Marlon Anjos

Bonapartismo: uma proposta de síntese conceitual

Felipe Demier Na ampla e heterogênea literatura marxista de cunho mais propriamente político, o vocábulo bonapartismo e suas variantes (bonapartista, bonapartistas, semibonapartismo, filobonapartismo etc.) apresentam uma frequência perceptível, ainda que, diferentemente de outros tantos mencionados à porfia e indiscriminadamente, não possam ser tomados propriamente como termos batidos. Suas não tão correntes aparições nos permitem, entretanto, perceber que distintos tratos, alguns...

Ilustração de Jaime Prades

Alguns problemas do conceito de totalitarismo

Demian Melo O termo totalitarismo emergiu no próprio vocabulário político do fascismo e do antifascismo nas décadas de 1920 e 1930. Antifascistas italianos como Giovanni Amendola, Lelio Basso e Luigi Sturzo utilizaram o termo para se referirem à ditadura de Benito Mussolini, e este, ao lado do filósofo neoidealista Giovanni Gentile escreveram num verbete à Enclopédia Italiana que um dos objetivos do regime fascista era a instauração do totalitarismo. Mesmo no âmbito do marxismo, o...

Ilustração de Antônio Máximo

Mariátegui e a Revolução Russa

Sydnei Melo José Carlos Mariátegui (1894-1930) é certamente um dos intelectuais marxistas mais importantes que viveram na América Latina. Militante dedicado, e com uma espantosa produção periodística, o autor dos 7 ensayos de interpretación de la realidad peruana foi o principal responsável pela organização do movimento socialista no Peru: Mariátegui dedicou-se à criação de um projeto editorial voltado à formação política e cultural da classe trabalhadora local, materializada...

Fotografia de André Rodrigues

O Discurso Filosófico da Modernidade, Sartre e a situação presente

Carlos Eduardo Rebello de Mendonça “A filosofia hegeliana […] foi a primeira que declarou que toda a filosofia não era outra coisa que não o pensamento de sua época, […] a primeira que se reconheceu como o pensamento de sua própria época.”(Arnold Ruge, 1841) Em uma época histórica em que os reveses se acumulam para a Esquerda, em que a Reação celebra triunfos aparentemente ininterruptos, talvez venha a propósito lembrar que em setembro de 1944 – antes do...

Ilustração de Flora Próspero

A organização política: notas introdutórias como contribuição ao debate da esquerda socialista no Brasil

Marcelo Badaró Mattos Organizar a classe trabalhadora, mobilizá-la para as lutas específicas contra a exploração e as condições degradantes de vida, bem como pela defesa e ampliação dos direitos que conquistou com lutas anteriores, mas fazê-lo a partir de um programa que vá além do imediato, construindo a consciência da necessidade de emancipação social global, são elementos indissociáveis da proposta socialista. Desde o século XIX, diferentes movimentos da classe geraram...

Colagem de Singh Bean

O desafio da solidariedade

Sabrina Fernandes A esquerda mais propriamente marxista, em suas várias facetas, identifica antagonismos estruturais, a nível do universal, como objetos centrais da luta tanto contra-hegemônica quanto por uma nova hegemonia. Porém, mesmo falar que “a esquerda identifica” algo, por exemplo, apresenta um problema de subjetividade que interage com o estruturalismo da luta. A esquerda age como um marcador, mesmo que fragmentado, de um sujeito coletivo também fragmentado. Falamos muito da...