Colagem de Singh Bean

Cemitério do esplendor: regime de restrição cromática

 Victor Vigneron Passado o famoso colapso nervoso do início de Tempos modernos (1936), Carlitos é liberado pelos médicos e agora caminha pelas ruas do bairro portuário. Embora seja distraído o suficiente para tropeçar sem razão, ele é o único na rua a perceber um discreto acontecimento. Toma a bandeira caída acidentalmente de uma caminhonete que passava por ali e com ela acena, a um só tempo, para o motorista, para a câmera e para nós. Mas Carlitos não percebe que desponta...