Ilustração de D. Muste

John Lennon e a política de esquerda: a “entrevista perdida” ao jornal trotskista Red Mole

Romulo Mattos I No ano de 1970, as entrevistas concedidas por Lennon à grande imprensa, assim como as suas composições, passaram a entusiasmar os partidários da Nova Esquerda britânica. As ideias do artista estavam mais radicais e engajadas, e as discordâncias entre as duas partes desapareciam.[1] Ao mesmo tempo, o ativista político Tariq Ali começou a ser procurado por Lennon, interessado em saber a opinião daquele sobre temas contemporâneos. Certo dia, entusiasmado com a visita do...

Detalhe de escultura de Alfi Vivern

John Lennon: a trajetória política de um beatle de esquerda (parte 2)

  Romulo Mattos Encerramos o texto anterior com a afirmação de que, no início dos anos 1970, John Lennon viveu o seu período de maior radicalização política, o que pode ser constatado em suas canções e na entrevista concedida ao jornal trotskista Red Mole. Neste segundo artigo, abordaremos as suas composições mais expressivas, no que diz respeito ao ativismo de esquerda. Vimos que o pacifismo hippie ocupava um lugar importante no pensamento político do artista, na segunda...

Escultura em ferro de Alfi Vivern

John Lennon: a trajetória política de um beatle de esquerda (Parte 1)

Romulo Mattos No início dos anos 1970, John Lennon acentuou a sua atuação política e impressionou integrantes da Nova Esquerda inglesa, até então reticentes em relação ao artista, que vacilara diante do panorama revolucionário de 1968. Chama atenção uma foto em que o compositor aparece lendo o jornal trotskista Red Mole, para o qual os historiadores e ativistas políticos Tariq Ali e Robin Blackburn  o entrevistaram, em 1971. Antes de abordarmos essa entrevista, analisaremos a...