Bordado de Pedro João Cury

Depois do consenso de Fevereiro

Christopher Read (Tradução de Renata Maffezoli e Angelo Regis) Durante a Revolução de Fevereiro, o Império Russo alcançou um grau de unidade sem precedentes. Todas as classes, etnias e nacionalidades deram boas-vindas à derrubada de Nicolau II. Armênios, chechenos, chukchis, finlandeses, georgianos, cazaques, poloneses e uzbeques celebraram a queda do czar em conjunto com camponeses, intelectuais, trabalhadores, banqueiros e, inclusive, alguns latifundiários. Mas essa solidariedade...

Bordado de Pedro João Cury

O golpe de Kornilov

Paul Le Blanc (Tradução de Macário.) Houve uma época em que o general Lavr Kornilov e Alexander Kerensky foram considerados heróis da Rússia. Historiadores conservadores descrevem Kornilov como um honorável patriota e soldado profissional, enquanto historiadores liberais nos contam sobre Kerensky, advogado idealista e eloquente, que desejava transformar a Rússia em uma vibrante e democrática república. Após a abdicação do Czar Nicolau II, os dois juntaram forças – Kerensky como...

Ilustração de Marlon Anjos

A revolução dos camponeses de 1917

Sarah Badcock (Tradução de Renata Maffezoli.) Os camponeses foram atores que provocaram mudanças no jogo político em 1917. Eles definiram as respostas dos políticos para os desafios nacionais; eles produziram, controlaram e ditaram o suprimento de alimentos. Armados e fardados, os camponeses serviram como soldados, fazendo parte do poder político e rompendo com ele e, como a maioria dos residentes urbanos da Rússia, eles tiveram papéis centrais nas revoltas urbanas. No entanto, quando...

Ilustração de Isabel Fuchs

Os bolcheviques e o antissemitismo

Brendan McGeever (Tradução de Matheus Carvalho e Eustácia Soares.)  Manhã, 25 de outubro de 1917. Os trabalhadores ocupam pontos estratégicos nas ruas fustigadas pelo vento de Petrogrado. No Palácio de Inverno, o líder do Governo Provisório, Alexander Kerensky, aguarda ansioso pelo seu carro de fuga. Do lado de fora, a Guarda Vermelha controla a estação telefônica central. A tomada de poder por parte dos bolcheviques é iminente. Não há luz nem telefone no palácio. De sua janela...

Ilustração de Celly Inatomi

As mulheres de 1917

Megan Trudell (Tradução de Stella Paterniani e Fernanda Moura.) No Dia Internacional das Mulheres em 1917, mulheres tecelãs no distrito de Vyborg, em Petrogrado, entraram em greve, saíram das fábricas e se dirigiram às centenas, de fábrica em fábrica, chamando operárias e operários para a greve e se envolvendo em violentos confrontos com a polícia e com os soldados. Sem qualificação, com baixa remuneração, trabalhando de doze a treze horas por dias em condições de higiene...

Ilustração Antônio Máximo

A Revolução na Finlândia

Eric Blanc (Tradução de Ivony Lessa e Lígia Marinho) No último século, histórias sobre a revolução de 1917 geralmente focaram em Petrogrado e nos socialistas russos. Mas o Império Russo era predominantemente composto por não-russos – e os levantes na periferia imperial frequentemente eram tão explosivos quanto aqueles do centro. A queda do czarismo em fevereiro de 1917 desencadeou uma onda revolucionária que imediatamente engoliu toda a Rússia. E talvez a mais excepcional dessas...