Fotografia de Lyn Nascimento

Estado e formas de dominação: Notas introdutórias para o debate da esquerda socialista no Brasil

Marcelo Badaró Mattos Nas Notas anteriores, procurou-se apresentar recuperações muito sintéticas dos processos históricos – assim como algumas referências teóricas – que possam apoiar uma análise do capitalismo e da burguesia brasileira, elementos essenciais para a elaboração programática da esquerda socialista. Completando a análise das formas de dominação de classe burguesa, característica das formações sociais capitalistas, é preciso tratar da questão do...

Ilustração de Jaime Prades

O capitalismo no Brasil contemporâneo

Marcelo Badaró Mattos Na primeira das Notas que apresentei,[1] procurei apresentar alguns elementos históricos sobre a formação do capitalismo brasileiro, assim como referências teóricas que permitiram a algumas organizações políticas a superação dos esquematismos “etapistas” em direção a uma análise mais complexa do capitalismo dependente no país. As interpretações sobre o desenvolvimento capitalista no Brasil adquiriram maior complexidade, não apenas no debate...

Fotografia de Amalyn Malix

Brasil 2016: Do golpe ao perigo da ditadura

Paulo Alentejano No rastro do golpe político-jurídico-midiático, a generalização da violência, da repressão e da destruição de direitos políticos e sociais se aprofunda e aponta para uma nova era de ditadura do capital no Brasil. Ou nos mobilizamos já para deter esse processo ou em breve viveremos (e morreremos) numa ditadura escancarada. Muitas linhas já foram escritas sobre o caráter do golpe em curso no Brasil e há uma forte dose de consenso entre os que advogam a tese do golpe...

Colagem de Singh Bean

As direitas profundas na América Latina

Massimo Modonesi (Tradução: Gilberto Calil) As direitas latino-americanas têm estado muito ativas e têm obtido significativas vitórias nos últimos tempos. A última na ordem de aparição foi o descarrilamento do processo de paz na Colômbia. Em menos de dois anos, as direitas ganharam as eleições na Venezuela e Argentina; bloquearam a possibilidade de outra reeleição de Evo Morales na Bolívia e, por outros meios, aparentemente também de Correa no Equador; destituíram a Dilma e...

Colagem de D. Muste

Paraná: ocupar e resistir

Affonso Cardoso Paraná. 14 de outubro de 2016. 440 escolas públicas e 6 universidades estaduais ocupadas, em 55 cidades, por estudantes em expressiva mobilização. Restam poucas dúvidas de que o movimento iniciado em São José dos Pinhais, cidade da Região Metropolitana de Curitiba, na noite do dia 03 de outubro, representa, atualmente, o mais significativo fenômeno na luta social brasileira. Em repúdio, fundamentalmente, à Medida Provisória 746 – assinada pelo ilegítimo...

Fotografia de Erick Dau

O que houve com o rock político brasileiro?

Romulo Mattos A provocação do título diz respeito ao comportamento da geração dos anos 1980 nos atuais tempos do golpe e do movimento “Fora Temer”, em vias de crescimento. Aqui cabe uma ressalva: não se trata de revisitar os tipos ideais do reacionarismo roqueiro fornecidos por Lobão e Roger Moreira, que se tornaram folclóricos nesse sentido. Enquanto o primeiro lançou um álbum com o título inspirado no pensamento de Olavo de Carvalho, o outro chegou a ponto de questionar o...