Ilustração de Pierre Lapalu

PEC 241: de volta à terapia de choque

Rejane Carolina Hoeveler Quando o economista Milton Friedman viajou ao Chile do ditador Augusto Pinochet em 1975, apresentando-se como uma espécie de médico prescrevendo um receituário a um “país epidêmico”, ele clamava por um “tratamento de choque” para os problemas econômicos chilenos.[1] Alguns anos depois, o primeiro-ministro Egor Gaidar foi um dos artífices da transição russa a um capitalismo mafioso, conversão que ele chamava de “terapia de choque”. A jornalista...

Bordado de Pedro João Cury

Jogo jogado?

Marcelo Badaró Mattos Obras literárias, ensaios e análises históricas já recorreram de forma variada à história de uma “máquina”, de fins do século XVIII, que jogava xadrez. O suposto autômato – um mecanismo movido a engrenagens, como relógios e caixinhas de música – era na verdade um espetáculo de ilusionismo, em que um anão, mestre enxadrista, escondido por um jogo de espelhos, movia os braços do manequim trajado à turco que movimentava as peças no...

Ilustração Marlon Anjos

A agenda das contrarreformas no Congresso: 63 ataques aos direitos sociais, e contando

Rejane Carolina Hoeveler Tanto no governo como na oposição de direita, são muitos os que, desde 2015, falam que o Congresso deve resolver logo a questão do impeachment para “voltar a funcionar”.[1] “Retomar a estabilidade política para o Brasil voltar a crescer”, em quaisquer das variantes, virou um verdadeiro mantra para grandes empresários e seus representantes. No início de março deste ano, a assessoria do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), publicou...