Ilustração de Pierre Lapalu

Encarar a realidade para sair do labirinto: sobre a esquerda e a Venezuela

Vicente Ribeiro O artigo de Gilberto Maringoni[1] sobre a situação venezuelana é representativo da forma como parte da esquerda brasileira tem buscado se posicionar sobre a situação atual da Venezuela. Gostaria de debater seus argumentos e me contrapor ao que considero o maior problema do seu texto: a sensação de certeza com a qual deixamos sua leitura. Ficamos sabendo que há dois lados, e que devemos nos perfilar em um deles. Reconforta nossas ilusões e nos permite substituir a...

Ilustração D. Muste

Populismo e “desconsolidação” democrática

Rejane Carolina Hoeveler A idéia de que está em curso um declínio mundial da democracia tem repercutido cada vez mais na grande imprensa internacional. No final de 2016, a chamada “desconsolidação” democrática estampou manchetes no Washington Post e do New York Times, com enorme repercussão internacional. De acordo com as pesquisas de opinião analisadas por Roberto Stefan Foa e Yascha Mounk,[1] a proporção de jovens que acreditam ser essencial viver em uma democracia já é...

Ilustração de Amalyn Malix

Depois do golpe: a força e a fraqueza da democracia blindada brasileira

Felipe Demier Em um primeiro momento de análise, o fato de que a deposição do governo Dilma tenha sido efetivada sem uma correlata deposição do regime democrático liberal expressou a força desse próprio regime, ou mais precisamente, a força de sua atual configuração contemporânea. Como se sabe, o golpe no governo não foi um golpe no regime então vigente, na medida em que a eliminação do primeiro não levou – ou não se deu por meio da – eliminação do segundo. A democracia...

Ilustração de Celly Inatomi

Marxismo e democracia

Felipe Demier São seculares as assertivas marxistas acerca do conteúdo classista que vertebra a democracia sob o capitalismo. Marx, já em 1852, afirmara que a república parlamentar francesa surgida da revolução popular de fevereiro de 1848 tornou-se, rapidamente, a república da burguesia, e só dela, até ser finalmente derrubada por Luís Bonaparte – o que livrou a mesma burguesia dos incômodos e perigos do seu próprio regime.[1] Ao refletir em torno da questão do poder na...

Ilustração de Heitor Vilela

A democracia blindada

Felipe Demier O início do processo eleitoral nos municípios brasileiros em 16 de agosto deste ano lança novamente luz sobre aspectos que usualmente são designados como as “injustiças” do pleito. A absurda desigualdade de tempo de propaganda obrigatória (rádio e TV) entre os candidatos da ordem (grandes partidos e suas coligações) e os demais (de perfil dito “ideológico”) salta aos olhos, provocando incômodo até mesmo nos analistas políticos dos mass media, cuja função é...

Bordado de Pedro João Cury

O fim do fim da História, ou o divórcio entre o capitalismo e a democracia

Gustavo Araújo Simi Nossos inimigos dizem: a luta terminou. Mas nós dizemos: ela começou. Nossos inimigos dizem: a verdade está liquidada. Mas nós sabemos: nós a sabemos ainda. Nossos inimigos dizem: mesmo que ainda se conheça a verdade ela não pode mais ser divulgada. Mas nós a divulgaremos. É a véspera da batalha. É a preparação de nossos quadros. É o estudo do plano de luta. É o dia antes da queda de nossos inimigos. (Bertolt Brecht, Nossos inimigos dizem.) Em 1992, o...