Ilustração Lyn Nascimento

A Garantia da Lei e da Ordem e a criminalização das lutas contra as reformas

Rafael Barros Vieira 1- Michel Temer decretou na última quarta-feira (24/05), ao lado do Ministro da Defesa e do Ministro do Gabinete de Segurança Institucional, o emprego das Forças Armadas com o objetivo de criminalizar os movimentos sociais, sindicatos e ativistas independentes que ocupam Brasília essa semana exigindo a saída de Temer e o fim das propostas de Reforma da Previdência e Trabalhista. Esse recurso é parte específica das tentativas de dar roupagem jurídica aos diversos...

Fotografia de Luana Kava

Diretas Já! Ontem e hoje

Samuel Fernando da Silva Junior A divulgação da gravação feita por Joesley Batista (um dos donos da JBS) para a Procuradoria-Geral da República (PGR), envolvendo diretamente o ilegítimo presidente da República, Michel Temer, em práticas claramente ilícitas e corruptas, suscitou novamente – a última vez foi quando do golpe na ex-presidente Dilma Rousseff – as reivindicações por Diretas Já em grande parte do espectro político da esquerda e de pequenas frações à...

Ilustração de Antonio Máximo

A esquerda e a governabilidade: reflexões sobre a armadilha pemedebista

Joana Salém Vasconcelos “Isso não é democracia. É pacificação permanente.” (Paulo Arantes) Com este ensaio pretendemos discutir algumas implicações do golpe de 2016 para a esquerda brasileira, sobretudo no que diz respeito ao sistema partidário e aos limites da governabilidade no atual regime político. Vivemos um momento de ruptura autoritária. A bandeira da “legalidade democrática” foi erguida pelas esquerdas em defesa de parâmetros mínimos de democracia, como o respeito...

Fotografia de Adria Meira

Derrotar a ordem e o progresso

Wibsson Lopes Estamos no calor de eventos de grandes proporções da política brasileira. Um Impeachment conduzido por forças reacionárias apeou a presidenta Dilma Rousseff do poder e colocou em seu lugar Michel Temer, do PMDB. As consequências imediatas ainda se fazem sentir e as futuras são incertas. O que já podemos entender é que vivemos o novo capítulo de uma batalha política que ganhou novos contornos após as mobilizações de Junho de 2013. A ruptura de Junho A explosão de...

Ilustração de Nico Malta

O Day After: estrategistas de uma guerra social iminente

  Rejane Carolina Hoeveler “Temos que identificar as questões chave que não mudaram nos últimos 20 anos e atacar”. (Alberto Ramos, diretor do Goldman Sachs.) “Estávamos preparando uma guerra social e ela parecia falar de uma partida de golfe”(Marc Tourneuil)[1] “A questão para os investidores é: irá Dilma sobreviver até o fim do mandato? Até duas semanas atrás, eu achava que sim. Mas os eventos agora mudaram os cálculos.” Foi assim que Brian Winter, jornalista...

Ilustração de Humberto Tutti

Com ou sem golpe: medo e esperança no futuro próximo brasileiro

Felipe Demier “Estamos bem na linha do desenvolvimento histórico, agora se vê que, por toda uma época, milhões de destinos vão seguir os caminhos que fomos os primeiros a trilhar. Na Europa, na Ásia, na América, gerações inteiras se desenraizam, engajam-se profundamente nas lutas coletivas, aprendem a violência e o grande risco, experimentam cativeiros, constatam que o egoísmo do “cada um por si” está caduco, que o enriquecimento pessoal não é a finalidade da vida, que os...