Fotografia de André Rodrigues

Ellen Wood: o marxismo perdeu uma defensora apaixonada

Alex Callinicos Ellen Meiksins Wood, que morreu em janeiro com a idade de 73 anos, foi uma das destacadas intelectuais marxistas da geração passada. Ela combinou um compromisso rigoroso com a clareza teórica e uma profunda paixão política. Estas qualidades eram muito evidentes na intervenção que primeiramente a trouxe para uma audiência mais ampla, o livro The Retreat from Class, publicado pela primeira vez em 1986. Neste ela mirou o que veio a ser conhecido como “pós-marxismo” em...

Ilustração de D. Muste

Ellen Wood e o conceito de revolução burguesa: nota crítica

Demian Melo Há uma contribuição inestimável no trabalho da historiadora e politóloga norte-americana Ellen Meiksins Wood. Suas intervenções em debates como o da crítica às abordagens pós-modernas nos estudos históricos e na demolição da meta-narrativa liberal para a origem da democracia contemporânea são parte obrigatória da boa literatura marxista publicada no Brasil nas últimas décadas.[1] Lembro da força que a leitura de seus textos teve em minha formação no bacharelado...