Fotografia de Amalyn Malix

Por que perdemos? Moral cristã, individualismo e espetacularização nos movimentos de protesto

Franck Tavares Discutir a esquerda política sob a perspectiva de quem adere e tem simpatia por esse campo da práxis e das ideias exige, antes de tudo, o exercício permanente da crítica e a renúncia ao panfletarismo apologético ou à autocomiseração ritualística. A reflexão intelectual não se reduz à propaganda de uma causa, assim como a marxiana crítica que se “transforma em força material” não encontra freios nas fronteiras que delimitam grupos não privilegiados...