Colagem de Singh Bean

“Suffragette”: lições do passado, questões do presente

Rejane Carolina Hoeveler As Sufragistas estreou no Brasil no último dia 24 de dezembro e narra alguns momentos da luta das mulheres pelo direito ao voto na Inglaterra no início do século XX, a partir da ótica da personagem fictícia Maud Watts (Carey Mulligan). Trabalhadora de lavanderia, como muitas de sua geração, vivia desde criança não só os salários inferiores aos dos homens, mas também à mercê dos assédios sexuais de seu supervisor. O filme se passa nos fatídicos anos de...

Iustração de Humberto Tutti

Notas sobre um feminismo valente

 Daniela Mussi Em 21 de outubro, à sombra dos escândalos de corrupção e dos pesos e contrapesos que compõem o jogo do governo e oposição, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 5069/2013 que amplia a criminalização da realização do aborto no Brasil.[1] Apresentado por Cunha em 2013, à sombra das lutas populares que sacudiam o país, o conteúdo do projeto é um claro retrocesso em relação ao previsto na lei de 1940 e...

Ilustração de Marlon Anjos

Machistas não passarão! Comentários sobre a prova do ENEM 2015.

Thaiz Senna Deveria ser apenas mais um tema na redação do ENEM. Mas não. Um tema que problematiza uma questão tão cotidiana na sociedade brasileira é comemorado por feministas de todo o país como uma vitória. É a primeira vez na história da prova que a questão feminina é colocada. A primeira vez que o gênero feminino é citado na frase-tema. Como mulher, estou me sentindo uma estrangeira que passou a ser citada nos problemas do cotidiano brasileiro. Como feminista, estou...

Ilustração de Marlos Anjos

Feminismo e política: notas de leitura

Daniela Mussi A publicação por aqui de uma introdução a alguns dos principais temas e polêmicas da teoria feminista desenvolvida nas últimas décadas se insere em um movimento contraditório de expansão e concentração do debate teórico e político vivido hoje pelas feministas brasileiras. Contraditório justamente pelas discordâncias que o acompanham, nos impasses entre a massificação de uma agenda feminista e a crítica que deve acompanha-la não apenas como negação do machismo...

Ilustração de Marlon Anjos

Jenotdel: a seção de mulheres do Partido Comunista soviético

Thaiz Senna A necessidade de organizar as mulheres de forma à parte nunca se deu como óbvia no movimento socialista russo. Em 1907, no ainda Partido Operário Social-Democrata Russo (POSDR), quando a revolucionária Alexandra Kollontai sugeriu que houvesse uma reunião “para mulheres apenas”, prontamente alguém anunciou outra reunião, “para homens apenas”[1]. Tal ironia nos revela a polêmica que a reivindicação de uma questão feminina representava à época – seja por motivos...

Escultura de Maria Inés Di Bella

A opressão de gênero e a imprescindível renovação do marxismo

Camila Góes Daniela Mussi Em junho deste ano, a revista Outubro publicou a tradução em português de um artigo da ativista feminista e professora de filosofia da New School for Social Research, Cinzia Arruzza. O artigo, publicado originalmente em inglês pela revista norte-americana Viewpoint, propunha algumas “considerações sobre gênero”,[1] opinando a respeito da relação entre marxismo e feminismo. Seu objetivo era polêmico e também didático – aproximar um público mais amplo...