Ilustração de D. Muste

O desafio Podemos: entrevista com José Maria Antentas

George Souvlis (Tradução de Maryanne Galvão) Apesar de seu sucesso, Podemos recusou-se a lidar seriamente com a União Europeia e o que seria necessário para realmente transformar a Espanha. Na Espanha, o desafio popular da austeridade, que começou com o movimento dos indignados – comumente abreviado como 15-M, em referência ao 15 de maio, o dia em que os protestos começaram em 2011 – tem contribuído para o surgimento de novas formações políticas com amplo apoio. Podemos, um...

Ilustração de Marlon Anjos

A antipolítica de Alexis Tsipras

Stathis Kouvelakis (Tradução de Alvaro Bianchi) Ao votar o novo memorando, o governo e a maioria da bancada parlamentar do Syriza não apenas disseram adeus à política de esquerda, mas à própria política. Ao fazer essa escolha eles não abandonaram apenas o programa de Syriza ou os compromissos que o governo fez com o povo grego. Eles pisaram sobre o voto “não” do povo grego, que há apenas duas semanas havia rejeitado fortemente o pacote de austeridade de Juncker, o qual era uma...

Ilustração de Marlon Anjos

Grécia: do absurdo ao trágico

Stathis Kouvelakis (Tradução de Alvaro Bianchi) Qualquer um que viva – ou siga – o que está acontecendo na Grécia conhece muito bem o sentido de expressões como “momentos críticos”, “clima de tensão”, “reviravolta dramática” e “pressionando limites”. Com os acontecimentos desde segunda-feira uma nova expressão pode ser acrescentada à lista: o “absurdo”. A palavra pode parecer estranha ou exagerada. Mas de que outra maneira poderíamos caracterizar a total...

Ilustração de D. Muste

Grécia: um momento de grandes decisões

Stathis Kouvelakis (Tradução de Alvaro Bianchi) Meu “silêncio não característico” dos últimos dias, como alguém o descreveu em minha página do Facebook, deve-se simplesmente ao fato de que, desde que cheguei a Atenas para a campanha do “Não” no domingo [28 de junho], tenho dormido muito pouco e trabalhado muito. Hoje falei em duas concentrações (a estação central de trens em Atenas e o prédio central do metrô). Uma grande experiência. Minha agenda para amanhã [2 de...

Detalhe de escultura de Alfi Vivern

O referendo grego como ruptura

  Panagiotis Sotiris (Tradução de Daniela Mussi) O referendo que será realizado na Grécia no domingo não é um debate político. É uma batalha em uma guerra da sociedade grega contra a União Europeia (UE) e o Fundo Monetário Internacional (FMI), que tentam transformar seu país no mais brutal experimento recente da engenharia social neoliberal. Carl Schmitt escreveu uma vez que as únicas categorias existencialistas são aquelas de amigo e inimigo. É exatamente isto que pode...