Ilustração de Marlon Anjos

Bonapartismo: uma proposta de síntese conceitual

Felipe Demier Na ampla e heterogênea literatura marxista de cunho mais propriamente político, o vocábulo bonapartismo e suas variantes (bonapartista, bonapartistas, semibonapartismo, filobonapartismo etc.) apresentam uma frequência perceptível, ainda que, diferentemente de outros tantos mencionados à porfia e indiscriminadamente, não possam ser tomados propriamente como termos batidos. Suas não tão correntes aparições nos permitem, entretanto, perceber que distintos tratos, alguns...

Fotografia de Lyn Nascimento

Hegemonia em Coxinhalândia

  Ruy Braga Se a crise da globalização iniciada em 2008 foi um divisor de águas na política internacional, levando as classes dominantes do Norte global a recorrer ao intervencionismo estatal a fim de tentar estabilizar o sistema, a verdade é que, uma vez assegurado esse objetivo, elas voltaram à ofensiva sobre as classes subalternas com uma versão ainda mais crua do neoliberalismo. No mundo todo, os trabalhadores estão pagando a conta da crise por meio de rigorosos planos de...

Fotografia de Luana Kava

Como discutir ideias políticas?

Alvaro Bianchi A banalização das teorias do agir comunicativo teve como uma de suas consequências a superestimação do consenso. Espera-se candidamente que o acordo emirja de uma conversa na qual argumentos racionais são trocados e hierarquias de poder são neutralizadas. Não há, entretanto, motivo algum para esperar que o consenso seja o único resultado da interação nem para imaginar que ele seja o melhor possível. A razão, já se sabe há tempos, é também traiçoeira. E como o...

Grafite de Denis Pinho

Hegemonia da pequena política: uma fórmula errada que deu certo

  Alvaro Bianchi Uma das últimas polêmicas nas quais Carlos Nelson Coutinho se engajou dizia respeito à natureza dos governos petistas. Em janeiro de 2007 Chico de Oliveira havia lançado na revista Piauí sua conhecida provocação, apresentando a tese da hegemonia às avessas.[1] Segundo Oliveira, com a chegada de Luiz Inácio Lula da Silva ao poder vivia-se no país uma situação paradoxal na qual a classe trabalhadora governava por intermédio do Partido dos Trabalhadores (PT), mas...

Ilustração de D. Muste

Hegemonia e crise: noções básicas para entender a situação brasileira

Alvaro Bianchi e Ruy Braga A presente situação política no Brasil pode ser caracterizada como uma crise da forma restrita que a hegemonia das classes dominantes adquiriu no Brasil. Em diversos artigos, caracterizamos a forma presente da hegemonia como uma “revolução passiva à brasileira”, ou seja, um processo de atualização gradual do capitalismo por meio de reformas promovidas diretamente pelo Estado, o qual parecia se destacar de suas bases sociais para melhor realizar sua...