Ilustração de D. Muste

O MBL e sua rede

Demian Melo Há alguns anos comecei a me interessar pelo estudo das novas formas de organização da direita brasileira, levantando algumas informações sobre o Instituto Millenium. Impressionava-me o grau de penetração na grande mídia, a coluna de intelectuais que abrigava, tanto no quadro permanente quanto entre os convidados, além dos vínculos com o setor mais internacionalizado do capitalismo brasileiro, o que inclui a própria mídia. Estão lá os Grupos Gerdau, Abril e Globo...

Bordado de Pedro João Cury

Como combater o fascismo

Gilberto Calil O avanço de movimentos fascistas é hoje inequívoco.[1] Negá-lo seria pueril e politicamente inconsequente. Movimentos fascistizantes de distintos formatos (fundamentalismo religioso, armamentismo, militarismo, etc.) cada vez mais confluem para ações conjuntas que articulam pretensos liberais, autoproclamados conservadores e fascistas explícitos. O “Monitor do debate político no meio digital”[2] identifica que “a direita está estruturada em torno das páginas dos...

Ilustração Amalyn Malix

A ditadura em Carl Schmitt

Daniela Mussi “O soberano é aquele que decide sobre o estado de exceção” (Schmitt, 1996, p. 87; 2006, p. 9). Com esta definição Carl Schmitt abre seu Teologia Política, de 1922, e é por meio dela que a maioria dos intérpretes sintetizam o conjunto de seus trabalhos do chamado “período de Weimar” (1918-1933). Esta elaboração de fato está no centro dos ataques do jurista alemão ao liberalismo e ao pluralismo, bem como a princípios como da separação dos poderes, da...

Ilustração de Marlon Anjos

Um estranho companheiro: Piero Gobetti, o liberal que amava os operários

  Daniela Mussi Em 2016, completam-se 90 anos da morte do jovem intelectual italiano Piero Gobetti (1901-1926). Praticamente desconhecido no Brasil, Gobetti tornou-se símbolo da luta contra o fascismo na Itália e, depois da Segunda Guerra Mundial, passou a ser comumente associado à figura de Antonio Gramsci nos debates sobre a democracia e o socialismo na Itália. Gramsci e Gobetti se conheceram em fina de 1918, em Turim, no imediato pós-Primeira Guerra Mundial. Neste momento, Gramsci...

Bordado de Pedro João Cury

O nascimento do conservadorismo-liberal nos Estados Unidos

  Alvaro Bianchi Uma história global do pensamento político, atenta aos processos de circulação e recepção das ideias poderia ajudar a compreender a irrupção do conservadorismo-liberal no Brasil. Nos Estados Unidos uma similar fusão entre o pensamento liberal e o conservador teve lugar nos anos 1950 e expressou-se na influente National Review. Reconstruir essa trajetória pode ser importante para interpretar manifestações contemporâneas desse pensamento. Em 1951, o jovem...

Fotografia de Erick Dau

Conservadorismo-liberal: uma nova linhagem do pensamento político?

Alvaro Bianchi Quem está familiarizado com a história do pensamento político brasileiro conhece a secular oposição entre conservadores e liberais que caracterizou boa parte de sua história desde a Independência. Nessa oposição consubstanciou-se uma das tantas formas que o pensamento dualista se manifestou ao longo desse tempo, opondo a ordem ao progresso, o rural ao urbano, a agricultura à indústria, o iberismo ao americanismo, a autoridade à liberdade. Ao longo dessa história, os...