Fotografia de Erick Dau

Luta de classes nas cidades: David Harvey e as “formas secundárias de exploração”

Marco Pestana Ao longo de mais de quarenta anos, o geógrafo britânico David Harvey tem sido um dos mais profícuos teóricos a operar dentro das fronteiras do marxismo. De sua vasta e diversificada obra, destaca-se como uma das contribuições fundamentais seu esforço para integrar de forma orgânica a dimensão espacial – em especial, o espaço urbano – à teoria marxiana da dinâmica da reprodução do capital[1]. Na esteira da crise econômica mundial detonada em 2007, cujo epicentro...