Ilustração de Celly Inatomi.

As mulheres e a URSS: conquistas históricas, limites e retrocessos

Rejane Carolina Hoeveler Em sua História da Revolução Russa, Trotsky fala da surpresa que atingiu todos em 23 de fevereiro de 1917, pelo antigo calendário Juliano.[1] Espontaneamente, as operárias têxteis de Petrogrado começaram a greve que acabaria destronando o Czar e instaurando, na prática, uma república na Rússia. A surpresa era compreensível: as mulheres compunham o setor mais despolitizado e analfabeto do movimento operário russo, justamente por serem o setor mais oprimido...

Ilustração de Celly Inatomi

As mulheres de 1917

Megan Trudell (Tradução de Stella Paterniani e Fernanda Moura.) No Dia Internacional das Mulheres em 1917, mulheres tecelãs no distrito de Vyborg, em Petrogrado, entraram em greve, saíram das fábricas e se dirigiram às centenas, de fábrica em fábrica, chamando operárias e operários para a greve e se envolvendo em violentos confrontos com a polícia e com os soldados. Sem qualificação, com baixa remuneração, trabalhando de doze a treze horas por dias em condições de higiene...

Fotografia de Lyn Nascimento

8M, a luta das mulheres e o nó que não desata

Bárbara Castro Este texto não se propõe a realizar uma análise exaustiva do 8M, a greve internacional de mulheres organizada no dia internacional da mulher, em 2017. A reflexão aqui compartilhada tem origem na observação restrita às imagens e discursos que circularam esta semana, na participação em um ato específico (o de Campinas-SP) e na observação acumulada de outras manifestações feministas (ou protagonizadas por mulheres). Essas imagens, discursos e dinâmicas, ainda que...

Imagem de Singh Bean

Empreendedorismo feminino: emancipação ou subordinação “voluntária”?

Rejane Carolina Hoeveler “Transformar a crise em oportunidade”. Esse virou um dos slogans mais batidos no Brasil e no mundo desde que os efeitos da crise econômica mundial de 2008 se alastraram, causando desemprego e desespero social. Variações dessa frase viraram propagandas comerciais, slogans de governos, manchetes na imprensa de negócios. E foi um dos motes prediletos de uma pequena indústria que de fato prospera, apesar da crise: a do estímulo ao...

Ilustração Flora Próspero

A luta das mulheres, a esfera pública e a proibição das bebidas nos Estados Unidos

Henrique Carneiro A esfera pública moderna nasce no âmbito do consumo partilhado de drogas entre homens: bebidas alcoólicas em tavernas nas classes populares e café na sociedade civil burguesa. O filósofo Jurgen Habermas ressaltou esse espaço de lazer e de troca de opiniões entre iguais como a origem da imprensa e da opinião pública. O tabaco também, a partir do século XVII, permeava todas as classes com seu apelo de fumaça e, entre o clero e a aristocracia, de inalação de rapé...

Colagem de Singh Bean

As múltiplas capturas do 8 de março

Rejane Carolina Hoeveler “Todos os caminhos levam a Roma. Toda análise verdadeiramente marxista de uma parte importante da superestrutura ideológica da sociedade ou de um fenômeno social importante deve conduzir á análise da ordem burguesa e de sua base, a propriedade privada; cada uma dessas análises deve conduzir a esta conclusão; ‘É preciso destruir Cartago’”. (Clara Zetkin, 1920)[1] Desde 1975, o dia 8 de março é reconhecido pela UNESCO como Dia Internacional da...