Fotografia de Lyn Nascimento

8M, a luta das mulheres e o nó que não desata

Bárbara Castro Este texto não se propõe a realizar uma análise exaustiva do 8M, a greve internacional de mulheres organizada no dia internacional da mulher, em 2017. A reflexão aqui compartilhada tem origem na observação restrita às imagens e discursos que circularam esta semana, na participação em um ato específico (o de Campinas-SP) e na observação acumulada de outras manifestações feministas (ou protagonizadas por mulheres). Essas imagens, discursos e dinâmicas, ainda que...

Imagem de Singh Bean

Empreendedorismo feminino: emancipação ou subordinação “voluntária”?

Rejane Carolina Hoeveler “Transformar a crise em oportunidade”. Esse virou um dos slogans mais batidos no Brasil e no mundo desde que os efeitos da crise econômica mundial de 2008 se alastraram, causando desemprego e desespero social. Variações dessa frase viraram propagandas comerciais, slogans de governos, manchetes na imprensa de negócios. E foi um dos motes prediletos de uma pequena indústria que de fato prospera, apesar da crise: a do estímulo ao...

Ilustração Flora Próspero

A luta das mulheres, a esfera pública e a proibição das bebidas nos Estados Unidos

Henrique Carneiro A esfera pública moderna nasce no âmbito do consumo partilhado de drogas entre homens: bebidas alcoólicas em tavernas nas classes populares e café na sociedade civil burguesa. O filósofo Jurgen Habermas ressaltou esse espaço de lazer e de troca de opiniões entre iguais como a origem da imprensa e da opinião pública. O tabaco também, a partir do século XVII, permeava todas as classes com seu apelo de fumaça e, entre o clero e a aristocracia, de inalação de rapé...

Colagem de Singh Bean

As múltiplas capturas do 8 de março

Rejane Carolina Hoeveler “Todos os caminhos levam a Roma. Toda análise verdadeiramente marxista de uma parte importante da superestrutura ideológica da sociedade ou de um fenômeno social importante deve conduzir á análise da ordem burguesa e de sua base, a propriedade privada; cada uma dessas análises deve conduzir a esta conclusão; ‘É preciso destruir Cartago’”. (Clara Zetkin, 1920)[1] Desde 1975, o dia 8 de março é reconhecido pela UNESCO como Dia Internacional da...

Ilustração de humberto Tutti

PL  5069/2013: um retrocesso histórico para as mulheres brasileiras

Tatianny Araújo Rejane Carolina Hoeveler Na mesma semana em que víamos, chocados, diversos homens adultos assediando uma menina de 12 anos nas redes sociais, em mais um exemplo da cultura de estupro enraizada em nosso país, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovava, por 37 votos contra 14, o Projeto de Lei (PL) 5069/2013, de autoria do deputado Eduardo Cunha, que altera o entendimento sobre o que se considera violência sexual. O projeto, encaminhado ao plenário na...