Ilustração de Amalyn Malix

Reinventar a esquerda é reorganizá-la

Alvaro Bianchi Não são tempos fáceis para a esquerda brasileira. Uma ampla reorganização está no horizonte. Grandes partidos estão à beira do precipício; outros decompõem-se a olhos vistos; os punhos se fecham nos debates internos, os dentes rangem; correntes fraturam-se, reagrupam-se, reorganizam-se; movimentos surgem à margem das organizações políticas; a angústia dos velhos ativistas encontra a esperança dos novos; ideias surgem e certezas lutam desesperadamente para não...

Fotografia de Erick Dau

Precisamos conversar sobre a crise da esquerda

Alvaro Bianchi No imaginário das esquerdas brasileiras a crise sempre foi o tempo escatológico, a possibilidade de redenção dos explorados e oprimidos. Mas o presente parece frustrar as expectativas. Na conjuntura atual a iniciativa pertence às forças políticas conservadoras. As esquerdas assistem a tudo bestificadas, sem conseguir entender o que está ocorrendo. O fim do ciclo político do Partido dos Trabalhadores (PT) atinge a todos. O turbilhão que o arrasta engole também a...

Escultura de Alfi Vivern

Tempos difíceis

Alvaro Bianchi A Rede Globo deu o sinal. Primeiro José Roberto Marinho reuniu-se com nove senadores petistas no dia 5 de agosto. Condenou as “maluquices” de Eduardo Cunha e garantiu que quer ver a presidenta Dilma Rousseff ocupar seu posto até o final do mandato. Dos petistas Marinho ouviu reclamações e um alerta: se mexerem com Lula tudo pode acontecer. Depois veio a nota das federações das indústrias do Rio de Janeiro e São Paulo (Firjan e Fiesp) divulgada dia 6 de agosto exigindo...