Fotografia de Erick Dau

Golpistas, governistas e a (falta de) imaginação política brasileira

Alvaro Bianchi Já era previsível. Mesmo assim é surpreendente a intensidade que assumiu a analogia entre a presente situação política e o golpe de 1964. Mas a comparação não se sustenta. Nem Dilma Roussef é semelhante a João Goulart, nem os conspiradores de hoje fazem sombra aos golpistas do passado. Ainda assim a analogia persiste. Por quê? Tenho uma hipótese: a conjuntura política atual não pode ser comparada àquela de 1964, mas a imaginação política mobilizada para...

Ilustração de Flora Próspero

Pensamento político brasileiro: formas de pensar

Daniela Mussi Em seu ensaio sobre a “imaginação social brasileira”, escrito em 1975, Wanderley Guilherme Dos Santos notou “o escasso número de investigações relativamente recentes sobre o desenrolar do pensamento político e social brasileiro”, além do caráter pouco original das pesquisas e sínteses sobre este pensamento formuladas ao longo do século XX (Dos Santos, 2002 [1975], p.25). Por um lado, afirmou, a Revolução de 1930 teria inaugurado uma nova fase na vida politica e...

Fotografia de Erick Dau

Conservadorismo-liberal: uma nova linhagem do pensamento político?

Alvaro Bianchi Quem está familiarizado com a história do pensamento político brasileiro conhece a secular oposição entre conservadores e liberais que caracterizou boa parte de sua história desde a Independência. Nessa oposição consubstanciou-se uma das tantas formas que o pensamento dualista se manifestou ao longo desse tempo, opondo a ordem ao progresso, o rural ao urbano, a agricultura à indústria, o iberismo ao americanismo, a autoridade à liberdade. Ao longo dessa história, os...