Ilustração de Antonio Máximo

O sexto aniversário das revoltas árabes

Gilbert Achcar (Tradução de Daniela Mussi) Seis anos atrás, em 17 de dezembro de 2010, Mohamed Bouazizi cometeu suicídio na cidade tunisiana de Sidi Bouzid. Bouazizi não sabia que com sua forma extrema de protesto ele colocaria fogo não apenas em si mesmo e sua cidade, não apenas em sua província ou mesmo na Tunísia, mas em toda região árabe. Na verdade, seu protesto inspirou milhões – “do oceano ao golfo” como se dizia no auge da Primavera Árabe – a protestarem contra seus...

Fotografia de Amalyn Malix

Brasil 2016: Do golpe ao perigo da ditadura

Paulo Alentejano No rastro do golpe político-jurídico-midiático, a generalização da violência, da repressão e da destruição de direitos políticos e sociais se aprofunda e aponta para uma nova era de ditadura do capital no Brasil. Ou nos mobilizamos já para deter esse processo ou em breve viveremos (e morreremos) numa ditadura escancarada. Muitas linhas já foram escritas sobre o caráter do golpe em curso no Brasil e há uma forte dose de consenso entre os que advogam a tese do golpe...

Fotografia de Erick Dau

O que houve com o rock político brasileiro?

Romulo Mattos A provocação do título diz respeito ao comportamento da geração dos anos 1980 nos atuais tempos do golpe e do movimento “Fora Temer”, em vias de crescimento. Aqui cabe uma ressalva: não se trata de revisitar os tipos ideais do reacionarismo roqueiro fornecidos por Lobão e Roger Moreira, que se tornaram folclóricos nesse sentido. Enquanto o primeiro lançou um álbum com o título inspirado no pensamento de Olavo de Carvalho, o outro chegou a ponto de questionar o...

Desenho de Flora Próspero

A batalha pelo futuro: contra o projeto Escola Sem Partido

Demian Melo Quem diria, há alguns anos atrás, que teríamos que responder os argumentos estúpidos que embasam o projeto Escola Sem Partido? Como uma forma de manifestação da crise em curso, argumentos obtusos sobre a existência de um esquema de “doutrinação” nas escolas do país estão sendo capazes de mobilizar os afetos de uma massa de pessoas conservadoras. Temerosa do próprio mundo e resignada, essa massa busca interpretar a miséria em que estamos enfiados como resultante de...