Fotomontagem de Diane Muste

Do que riem os humoristas “politicamente incorretos”?

 Romulo Mattos Aumentou nos últimos anos o público de profissionais que reivindicam e praticam um tipo de humor francamente reacionário, que tem como alvos prioritários os movimentos sociais e políticos das esquerdas, as classes pobres e as chamadas minorias. Com acesso à TV aberta, atuação em bons teatros e farta utilização de redes sociais, Rafinha Bastos e Danilo Gentili são os príncipes dessa vertente humorística eticamente questionável, que coleciona, por um lado, processos...